Mobilizados pela Conciliação


Representantes do Tribunal de Justiça, Procon e advogados das empresas com maior número de reclamações no Amazonas iniciaram diálogo com o objetivo de resolver centenas de processos judiciais. A estratégia do prévio diálogo visa incentivar a cultura da conciliação e alcançar o maior número de acordos homologados na justiça durante a Semana Nacional de Conciliação, que este ano acontece de 23 a 27 de novembro.

Durante a reunião, que aconteceu no último dia 15 de outubro, um total de sete grandes litigantes, como instituições bancárias, empresas de telefonia, concessionárias de água e energia, empresa aérea, fabricante de eletroeletrônico e empresas do mercado digital manifestaram suas propostas. O objetivo é buscar o maior número de acordos possíveis em ações movidas pelo consumidor insatisfeito.

“Hoje nós estamos percebendo um grande esforço de cooperação entre todos os envolvidos no processo. Agora precisamos envolver o jurisdicionado, o mais interessado nesse sistema”, salientou o juiz Gildo Carvalho, um dos coordenadores do evento.

Por isso é importante frisar que todo o cidadão que tem ação na justiça e quer conciliar, ainda dá tempo. Basta, pessoalmente ou por meio do advogado, solicitar da Vara onde tramita o processo a inclusão na pauta da SNC. Esse pedido pode ser formulado no portal do TJAM (www.tjam.jus.br) no link “Quero Conciliar” .

Alguns Números

Já estão pautados para 2015 – cerca de 145 processos do Banco do Brasil S/A, 400 processos da Manaus Ambiental, 200 processos da Eletrobrás Amazonas Energia, mais de 100 processos da Celular Vivo, entre outras. E esse número é só o começo...

No ano passado foram 9.164 audiências realizadas no Amazonas. Destas, 6.874 acordos foram homologados e mais de R$24 milhões foram movimentados em todo o estado. Ainda foi firmada uma parceria entre e o Tribunal de Justiça para que os contribuintes negociassem suas dívidas com o município. Na ocasião, a Prefeitura tinha aproximadamente R$ 1 bilhão em débitos inscritos na dívida ativa, passíveis de conciliação.

Frases

“O acordo poupa tempo de todas as partes envolvidas na ação e gera economia ao Poder Judiciário” - juiz Gildo Alves, coordenador das Varas de Família.

“Os conflitos existem no convívio humano e a melhor forma de resolver é conciliando” - Rosely Fernandes, coordenadora do Procon-AM.

Fonte: CGJ-AM

#conciliação2015

Posts Em Destaque
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square