Projeto luta em defesa do "último igarapé limpo de Manaus"


Para as pessoas envolvidas em causas ambientais ou para qualquer cidadão que se preocupa com o futuro da humanidade e do planeta e quer engajar-se em uma causa social, queremos deixar uma dica: conheça o projeto Água Branca.

Há 16 anos ele foi criado como forma de defender o "último igarapé limpo de Manaus". O projeto atua para a preservação da área próxima ao igarapé Água Branca, no bairro Tarumã, Zona Oeste - ele nasce em área perto do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, percorre uma área próxima a Avenida do Turismo e desagua na cachoeira alta, ainda no bairro Tarumã.

Em ações marcadas e divulgadas na internet, o grupo de preservação se reúne para o plantio de mudas ao redor do igarapé, e tenta conscientizar a população da importância do ato. Em média 30 pessoas participam a cada ação.

Para o jornalista Jó Farah, um dos líderes do movimento, ainda é preciso que a população passe a se mobilizar em prol da preservação ambiental. “Como morador do bairro há anos, sei como nós precisamos nos movimentar para fazer algo acontecer, é imprescindível salvar a vida de animais como o sauim-de-coleira que está em risco de extinção. Fazer desaparecer esse igarapé, que é a fonte de outra cachoeira, é como devastar uma parte da cidade”, ressalta.

O grupo também distribui mudas de árvores frutíferas para a população.

Há oito anos o blog da organização publica textos e fotos sobre o meio ambiente e ainda denuncia obras que possam comprometer a integridade do igarapé. O espaço online serviu para mobilizar mais pessoas e para mostrar a realidade das áreas verdes no bairro Tarumã. Uma página no Facebook também foi criada com a mesma função do blog.

Visite: https://www.facebook.com/SOS.AguaBranca

*com informações do Portal G1 Amazonas.

#igarapélimpo

Posts Em Destaque
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square