Abono dos professores anunciado pelo Governo do Amazonas chega a R$ 37,8 mil

15 de dezembro de 2021


O pagamento do abono para os profissionais de educação da rede pública estadual varia de R$ 12,6 mil a R$ 37,8 mil e vai injetar R$482 milhões na economia


Mayane Bastista

Equipe do BN

Governador Wilson Lima garante que pagamento do abono será no próximo dia 23 de dezembro


(Manaus –AM) - O governo do Amazonas anunciou nesta quarta-feira (15), o pagamento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e da Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) aos profissionais que atuam na Secretaria de Estado de Educação e Desporto.


O anúncio foi feito pelo governador Wilson Lima (PSC), em um encontro, pela manhã, que contou com a presença dos profissionais da educação e autoridades, no Centro de Convenções Vasco Vasques, localizado na avenida Constantino Nery, Zona Centro-Sul de Manaus.


O abono é considerado o maior da história em valores e também em servidores contemplados, tantos técnicos quanto os administrativos, conforme afirmou o governador.


O pagamento do Fundeb, segundo Wilson Lima, é feito aos servidores que atuam na Secretaria de Estado de Educação e Desporto como forma de valorização e reconhecimento a dedicação e trabalho feito ao longo do ano e no momento de pandemia em que os professores tiveram que se reinventar.


“Ao logo do tempo sempre acompanhamos o sofrimento do professor, essa desvalorização do profissional da área de educação. E hoje estamos aqui para anunciar o maior valor do Fundeb de todos os tempos, que teve esforço de muita gente, para que pudéssemos valorizar uma categoria que é fundamental para pavimentar um caminho seguro para nossas crianças e para os adolescentes”, disse o governador.


Investimento

Serão investidos R$ 482 milhões dos recursos do Fundo da Educação. O valor a ser pago por cadeira e função aos servidores foi dividido da seguinte forma:


Para professores com carga horária de 20h será pago o valor de R$ 12,6 mil; para o profissional com a jornada 40h será de R$ 25,2 mil e para os professores com 60h o valor será de R$37,8 mil. Os servidores da área administrativa, os auxiliares e merendeiras receberão R$12,6 mil, além dos professores do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), que também serão contemplados. Os valores do abono Fundeb serão pagos no dia 23 de dezembro.


Profissional da Educação

Para a professora Raquel Teles de Araújo, que leciona a disciplina de Língua Portuguesa e Matemática do 3º ano na Escola Estadual Dom João de Souza Lima, assegura que esse pagamento vem em boa hora, principalmente diante das perdas salariais ocorridas com a crise econômica do País e a pandemia onde as escolas tiveram que ser fechadas.


“Então os servidores públicos de um modo geral, especificamente os professores, se viram muito aperreados. Então esses recursos vêm no momento certo para que sejam distribuídas com os profissionais, o que de certa forma vai ajudar a melhorar a situação socioeconômica por contas das dívidas e despesas que os professores acumularam ao longo desses dois anos”, diz Raquel.


A professora ressalta ainda que felizmente o governo contemplou toda a categoria e ainda estendeu o abono aos demais servidores da educação. “E ainda tem o fato de que o valor a ser recebido terá reflexo na economia, fazendo o crescimento acontecer no Estado”, completa.


Na sua avaliação o reconhecimento e valorização dos profissionais de educação é mais que justo. “Os professores têm um papel fundamental na sociedade. Precisamos muito da valorização profissional por educar a sociedade e transmitir conhecimento. Ainda não é o desejado, mas o abono vai dar certa tranquilidade nesse final de ano”, finaliza.


Foto: Divulgação