Agência Reguladora registra fluxo de passageiros superior a 20 mil na Operação Viagem Segura

19 de aril de 2022



Mais de 20 mil pessoas utilizaram os transportes intermunicipais fiscalizados pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam), no período de 14 a 17 de abril, durante a Operação Viagem Segura – Semana Santa. O número de passageiros chegou a 20.789.


Coordenada pela Arsepam, a iniciativa realizada nas principais saídas de Manaus contou com apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH). Ao todo, 1.104 fiscalizações ocorreram em quatro dias.


O diretor-presidente da Arsepam, João Rufino Júnior, comemorou o resultado da operação, que já faz parte do calendário de ações do Governo do Amazonas nos feriados prolongados. Segundo ele, o intuito é sempre garantir um transporte mais seguro e eficiente para quem busca ir a outros municípios do estado, seja por meio do transporte rodoviário ou hidroviário intermunicipal.


O gestor destacou, ainda, que ter executado a campanha “Respeitar o Idoso, é Respeitar seus Direitos”, dentro da programação da operação, proporcionou uma comunicação mais direta junto à população, com distribuição de informativos sobre os direitos dos idosos no transporte rodoviário intermunicipal. A ação da Agência Reguladora do Estado foi realizada, no último sábado (16/04), em pontos de Iranduba (distante 27km de Manaus) e em posto da Agência Reguladora em Manaus.


Rodoviário

Com saída da capital, o fluxo de passageiros no serviço de transporte rodoviário intermunicipal chegou a 7.974 no período, sendo efetuadas 777 fiscalizações. Neste modal, os destinos mais procurados foram Manacapuru (2.211 usuários – 27,73%), Iranduba (1.951 – 24,47%) e Presidente Figueiredo (12,75% – 1.017), distantes respectivamente 68, 27 e 117 quilômetros da capital).


O posto com maior quantitativo de passageiros foi o Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim (Rodoviária de Manaus), bairro Flores, zona centro-sul, com 3.560; seguido pelo da Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba, com 3.237; Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte, com 752; e Barreira da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do Viver Melhor 1), zona norte, com 425.


No modal rodoviário, o maior número de fiscalizações foi registrado, respectivamente, na Ponte Rio Negro, com 537; na Barreira de Fiscalização Estadual, com 114; na Rodoviária de Manaus, com 103; e na Barreira da Avenida das Flores, com 23.


Hidroviário

O fluxo de passageiros no serviço de transporte hidroviário intermunicipal foi superior ao modal rodoviário, totalizando 12.815 pessoas que optaram por viajar a outros municípios do estado, com saída de Manaus, por meio de embarcações. As fiscalizações chegaram a 327.


As localidades mais procuradas foram as cidades de Careiro da Várzea (7.966 usuários – 62,16%), Tefé (910 – 7,10%) e Cacau Pirêra (628 – 4,90%), em Iranduba, distantes respectivamente 25, 523 e 27 quilômetros de Manaus.


O posto com maior saída de pessoas foi o Porto da Ceasa, Distrito Industrial, zona sul, com 7.966 e 255 inspeções; acompanhado pelo Porto Público Privatizado de Manaus/Manaus Moderna, no Centro, com 4.849 e 72 fiscalizações.


Fonte: http://agenciaamazonas.am.gov.br/