Alameda do Samba será interditada a partir de hoje para a ‘Feirinha do Tururi’

12 de outubro de 2022


O fechamento para circulação de veículos entre as avenidas Pedro Teixeira e Lóris Cordovil, ocorrerá no horário de 17h à meia-noite até dia 20

Agentes de trânsito vão trabalhar para a interdição da alameda do Samba, a partir das 18h, e orientar os desvios

A Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), vai interditar, a partir desta quarta-feira, 12/10 a alameda do Samba para a circulação de veículos entre as avenidas Pedro Teixeira e Lóris Cordovil, no horário de 18h até meia-noite. O motivo do fechamento da via é para a montagem da Feira do Tururi, que vai permanecer até o próximo dia 20, antecedendo o Boi Manaus 2022.

Cerca de dez agentes de trânsito da Prefeitura de Manaus vão iniciar a montagem do serviço para a interdição da alameda do Samba, a partir das 18h. A interdição será somente na alameda e apenas veículos credenciados poderão acessar o local.

“Nossos agentes, todos os dias, a partir do dia 12, estarão montando o serviço e interditando a alameda do Samba até o dia 20 de outubro. A interdição é necessária para que os munícipes possam circular tranquilamente pela feirinha”, informou Stanley Ventilari, diretor de operações de trânsito do IMMU.

Transportes - O IMMU destaca que disponibilizará cerca de 31 linhas com frota de 195 ônibus do transporte público que vão acessar a Estação Arena e trafegar nas avenidas Pedro Teixeira, Lóris Cordovil, Constantino Nery e Djalma Batista.

“Teremos fiscais de transportes do IMMU para monitorar a frota, orientar os motoristas e garantir que as pessoas que irão prestigiar a feirinha possam ter acesso aos ônibus”, disse Alexandre Frederico, vice-presidente de trânsito do IMMU.

A interdição não afetará a circulação dos ônibus e demais veículos na via. Os condutores poderão acessar a avenida Flaviano Limongi como opção de retorno. Os agentes de trânsito do IMMU estão nas proximidades da via, para orientar os motoristas sobre as opções de desvios.


Texto – Assessoria/ IMMU

Foto – Sidney Mendonça/ IMMU