Alunos comparecem em peso às aulas no Cetam Galileia

25 de outubro 2021

Nesta segunda-feira (25/10), mal amanheceu e alunos já aguardavam pelo início das aulas presenciais em frente à unidade Galileia, na zona norte. Trata-se da nova escola do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), inaugurada no último dia 20 de outubro.


Jovens e adultos não escondiam a ansiedade para iniciar os cursos, nem a surpresa diante da beleza da escola, moderna e bem equipada. Muitos disseram que pretendem não sair mais de lá, fazendo cursos em sequência.


“Quero me qualificar e melhorar meu currículo”, revelou Kelvin Marlon, de 17 anos, aluno do curso de Informática básica. Ele está no primeiro ano do Ensino Médio, mora no Tarumã-Açu, zona oeste de Manaus, e cruza a cidade em busca de conhecimento.


Assim como Marlon, Luís Felipe Paz, 19, também conseguiu vaga para o curso de Informática Básica. Ele disse que não vê a hora de ter o certificado em mãos para correr atrás de emprego. “Esse é o primeiro curso pelo Cetam, de muitos outros que farei”, adiantou.


O diretor-presidente do Cetam, professor José Augusto de Melo Neto, estava na escola recepcionando os novos alunos. Ele reafirmou o compromisso do Governo do Amazonas de aumentar a oferta de cursos na capital e interior.


“O governador Wilson Lima se preocupa em incentivar o empreendedorismo. E o Cetam vem fazendo isso, melhorando sempre a qualificação dos trabalhadores.”


Como nunca é tarde para aprender, o Cetam também oferta cursos para quem tem mais idade. É o caso das donas de casa Maria Elizabeth Pereira, 63, e Maria Alice de Souza, 62. As duas são colegas de turma no curso Patch Apliquê e vizinhas no bairro Terra Nova 2, zona norte.


Tanto Elizabeth quanto Alice dizem ter o Cetam marcado em seus corações. O Centro faz parte de suas histórias de vida há muitos anos. “Tenho vários certificados pelo Cetam. Quando fiquei viúva, foram as aulas de costura que me ajudaram a não cair em depressão”, contou Elizabeth.


Já Maria Alice diz que perdeu as contas dos cursos feitos no Cetam. “Já estudei nos Centros de Convivência Maria de Miranda Leão e André Araújo, que ficam bem distantes da minha casa. Agora, com essa escola vizinha, não sairei mais daqui. Era tudo o que eu queria!”, disse Alice, feliz da vida.


Espaço – A nova escola tem 3.555,12m² de área construída. Conta com seis salas de aula, 16 laboratórios, biblioteca, auditório para mais de 100 pessoas e estacionamento coberto. Tem capacidade para atender 9 mil alunos por ano, sendo 2.250 a cada trimestre, com a oferta de cursos gratuitos.


No Cetam Galileia serão ofertados cursos técnicos e de qualificação profissional. Nesse primeiro momento, os 2.070 alunos inscritos estão divididos em 43 cursos de qualificação profissional. A unidade fica localizada na avenida Tenente Roxana Bonessi, s/nº, conjunto Galileia, bairro Nova Cidade.


Texto: Informação da Assessoria

Foto: Cleudilon Passarinho

Fonte: http://www.amazonas.am.gov.br/