Apresentações dos grupos de acesso do Festival Folclórico do Amazonas são encerradas

1 de julho de 2022

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), encerrou, na noite desta quinta-feira, 30/6, a competição dos 29 grupos folclóricos à categoria Bronze, do 64° Festival Folclórico do Amazonas, na arena do Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA), localizado no Distrito Industrial, na zona Sul.


Ao todo, 11 modalidades de danças como, cacetinho, ciranda, dança alternativa, dança nordestina, quadrilha cômica, quadrilha de duelo, quadrilha tradicional, tribo, dança nacional, dança regional e dança internacional estão concorrendo a uma vaga na categoria Bronze, para apresentação oficial na edição do Festival Folclórico do Amazonas em 2023.


A segunda noite de apresentações da categoria de acesso foi feita pelos seguintes grupos: Renascer (quadrilha de duelo); Os Indomáveis do Oeste (quadrilha de duelo); Junina Tia Célia (quadrilha tradicional); Junina Promorar (quadrilha tradicional); Junina Girassol (quadrilha tradicional); Junina Cabocla (quadrilha tradicional); Baru Junina (quadrilha tradicional); Junina Matutos Honoré (quadrilha tradicional); Junina Fogo Ardente (quadrilha tradicional); Explosão de Manaus (quadrilha tradicional); Revolução Junina (quadrilha tradicional); Pássaro Gavião Real (dança regional); Flor do Campo (dança regional) e grupo Simetria Norte (dança regional).


O diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira, explica que há sete anos não era realizado credenciamento de novos grupos folclóricos e que danças com mais de 25 anos e de altíssimo nível estavam de fora do Festival Folclórico do Amazonas.


“Há sete anos que o folclore esperava por isso, a abertura de oportunidade para que novos grupos pudessem competir. Temos danças de altíssimo nível, da coreografia à indumentária. A quadrilha tradicional Matutos Honoré, por exemplo, que tem 27 anos de existência, nunca havia se apresentado no Festival Folclórico do Amazonas. Isso é resgate cultural. A Manauscult fez a sua parte, colocando em prática esse projeto, pensado tanto pelo governo do Estado, Prefeitura de Manaus e Ligas Folclóricas de Manaus”, observa Oliveira.


As danças habilitadas que se apresentaram durante a competição foram avaliadas pelos jurados oficiais da edição 64 do festival e terão suas notas apuradas nesta sexta-feira, 1°/7, após o anúncio das campeãs deste ano. O resultado final será divulgado no Diário Oficial do Município (DOM) e no site da Manauscult no endereço eletrônico manauscult.manaus.am.gov.br.

— — —

Texto – Emanuelle Baires / Manauscult

Fotos – Antônio Pereira / Semcom