Centro de Artes abre exposição "Artistas mulheres no acervo do Caua"

14 de fevereiro de 2022

A obras ficarão em cartaz no período de 14 de fevereiro a 31 de março, na Galeria do Caua, localizada na rua Monsenhor Coutinho, 724, Centro.

O Centro de Artes da Universidade Federal do Amazonas (Caua/Ufam) realiza de hoje (14) até o dia 31 de março deste ano, a exposição “Artista mulheres no acervo do Caua” cujo objetivo é difundir obras de mulheres artistas que integram o acervo do Centro. A exposição ficará em cartaz na Galeria do Caua, situada na rua Monsenhor Coutinho, 724, Centro.


O Caua é um Órgão Suplementar que tem, entre seus objetivos, apoiar e difundir manifestações artísticas diversas, assim como disseminar o acervo de artes visuais do Centro que foi organizado e catalogado nesta gestão, a partir de 2017, adquiriu, também, a condição de fonte de informação para a pesquisa, contribuindo assim com a produção de conhecimentos em Artes Visuais.


Difundir

Seguindo a lógica de preservação do acervo artístico, o Caua promove a exposição “Artistas Mulheres no Acervo do Caua” que leva assinatura de curadoria a diretora do Caua, professora Priscila Pinto Maisel e da museóloga e também professora Regina Vasconcellos. “Artistas Mulheres no Acervo do Caua” objetiva difundir trabalhos de artistas da Região Norte, dentre renomados e menos conhecidos do grande público.


De acordo com a curadoria, as obras foram selecionadas de um conjunto em processo final de catalogação, com estilos e técnicas diversas, das quais destacamos pinturas e desenhos de Bernadete Andrade e xilogravuras de Auxiliadora Zuazo, que marcaram gerações na arte amazonense desde a década de 1980.


Além dessas importantes artistas, participam da exposição, as obras das artistas Helen Rossy, Iva Tai, Priscila Pinto, Naia Arruda, Raquel Mattos, Hadna Abreu, Bruna Mazzotti, Pity Passos, Suely Ojara, Adriana Velikova, Lu Silva, Flor de Oliveira, Rita Queiroz, Linduina Mendes, Itacy Bittencourt e Silvia Feliciano.


As obras das artistas demonstram uma variedade de estilos e técnicas presentes no acervo do Caua. A exposição ficará aberta à visitação do público, respeitando o protocolo necessário ao combate à Pandemia da Covid 19. No momento, a galeria está funcionando de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h até que os horários de atendimento presencial retornem à normalidade na Ufam, ou seja, das 8h às 2h e das 13h às17h.


Imagem: Ascom Ufam

Texto: Ascom Ufam