Com Libertadores como alvo, Corinthians e Fluminense jogam em Itaquera

26 de outubro de 2022

Corinthians e Fluminense medem forças, a partir das 21h45 (horário de Brasília) desta quarta-feira (26) na Neo Química Arena, em busca de importantes pontos para a classificação direta para a fase de grupos da próxima Copa Libertadores. A Rádio Nacional transmite a partida ao vivo.


Na verdade o Timão e o Tricolor protagonizam um reencontro, após as duas equipes disputarem uma das semifinais da atual edição da Copa do Brasil, disputa que foi vencida pela equipe do Parque São Jorge.


Ocupando a 4ª posição da classificação com 57 pontos, o Corinthians tem certo favoritismo na partida válida pela 34ª rodada da competição, em especial por contar com o apoio de sua fiel torcida.


Porém, o técnico português Vítor Pereira deixou claro que não espera vida fácil, mesmo atuando em casa. “Estou cansado e agora tem o Fluminense, que é outra obra […]. Podia vir uma coisinha mais fácil. Corinthians é sofrimento”, declarou.


Algo que pode deixar a missão do Timão ainda mais complicada é o desfalque do atacante Yuri Alberto, expulso na última rodada, na vitória de 1 a 0 sobre o Santos. Assim, uma possível escalação do Corinthians para medir forças com o Tricolor é: Cássio; Fagner, Gil, Balbuena e Fábio Santos; Du Queiroz, Fausto Vera e Renato Augusto; Mateus Vital, Gustavo Mosquito e Róger Guedes.


Se o Corinthians vem de vitória, o Fluminense vem de empate com o Botafogo. O resultado deixou a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz na 5ª posição com 55 pontos. E o grande destaque do Tricolor na partida foi o atacante Matheus Martins, que tem grandes possibilidades de voltar a receber uma oportunidade na equipe titular. Caso isso aconteça, Fernando Diniz deve mandar a campo: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Manoel e Calegari (Cris Silva); André, Martinelli e Ganso; Matheus Martins (Yago Felipe), Arias e Cano.


Mesmo com o recente confronto pela Copa do Brasil, o comandante do time das Laranjeiras diz que a partida desta quarta é completamente diferente: “É um jogo diferente. Naquele momento, tínhamos perdido o Nonato e o André para o jogo. Ficou 1 a 0 até o fim, e tivemos a oportunidade de empatar. O 3 a 0 [placar final da partida em Itaquera] não diz o que foi. Claro que temos que corrigir. Temos que jogar dentro das nossas características”.


Edição: Fábio Lisboa

Fonte: Agência Brasil