Concurso PM AM: banca poderá alocar candidatos para realizar provas em outros estados

20 de janeiro de 2022


Uma retificação no edital do concurso público da Polícia Militar do Amazonas (concurso PM AM) tem dado o que falar e trouxe preocupação para os candidatos já inscritos no certame.


De acordo com nova retificação, caso o número de candidatos inscritos exceda a oferta de lugares existentes nos municípios descritos no edital, a FGV “se reserva o direito de alocá-los em cidades próximas à determinada para a aplicação das provas, inclusive em outro Estado”.


Além disso, a banca ainda pontuou que não assume qualquer responsabilidade quanto “ao deslocamento e à hospedagem desses candidatos”.


Ainda de acordo com a retificação, a alocação dos candidatos será definida pela FGV, podendo adotar livremente os critérios que julgar pertinentes, “a fim de resguardar a segurança do certame”.


“A distribuição se dará de acordo com a viabilidade e a adequação dos locais, não necessariamente havendo a alocação dos candidatos nos locais de provas de acordo com a proximidade de suas residências”, descreve a retificação.

Clique aqui para ler o documento na íntegra.


O edital do concurso para a Polícia Militar do Amazonas oferta 1.350 vagas para os cargos de Aluno-Soldado e Aluno-Oficial.

Organizado pela FGV, os interessados podiam se inscrever do dia 8 de dezembro de 2021 até o dia 4 de janeiro de 2022. A taxa do concurso ia de R$ 100,00 a R$ 180,00.


O edital oferece salários iniciais de R$ 7.180,34 para o cargo de Aluno-Oficial PM e R$ 2.657,28 para o cargo de Aluno Soldado PM.


Como forma de classificação e avaliação, os candidatos ao concurso PM AM para as carreiras de Aluno-Oficial PM e Aluno-Soldado PM serão submetidos às seguintes etapas:

  • Etapa 1: Prova objetiva;