Congresso homenageia Lions Clube em sessão solene

5 de abril de 2022

Em sessão solene realizada nesta segunda-feira (4), o Congresso Nacional homenageou a Associação Internacional de Lions Clubes, organização de clubes de serviço sem fins lucrativos que visa atender causas humanitárias e promover trabalhos para comunidades locais. A cerimônia aconteceu a pedido do senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO), que presidiu a sessão, e da deputada federal Flávia Morais (PDT-GO).


— O Lions tem um desempenho em praticamente todo o planeta, apoiado em mais de 47 mil clubes locais, presentes em 220 países, que atuam hoje em cinco causas globais: visão, diabetes, fome, câncer infantil e meio ambiente. No Brasil, o Lions está presente desde abril de 1952. Homenagear essa instituição é homenagear os mais de 50 mil voluntários associados a cerca de 1.500 clubes em todo o país. São pessoas que contribuem com seu tempo e seu dinheiro para complementar ou suplementar a atuação dos governos federal, estaduais e municipais, com grande dedicação e enorme espírito público — declarou Vanderlan.


A deputada Flávia Morais lembrou que essa homenagem vinha ocorrendo nos anteriores na Câmara dos Deputados, mas que neste ano foi promovida de forma conjunta por Câmara e Senado.


— Este trabalho em conjunto só engrandece a homenagem e demonstra a unanimidade das duas Casas em reconhecer o trabalho, o serviço prestado pelos nossos companheiros dos Lions Clubes. No mundo atual, em que vemos tantas pessoas vivendo de forma tão individualista, é maravilhoso poder reconhecer, sentir e ver que existem homens e mulheres de bem, que, além de seu tempo e seu serviço, ajudam financeiramente o próximo — ressaltou a deputada.


Ao participar da cerimônia, o presidente da Associação Internacional de Lions Clubes, Douglas X. Alexander, disse se sentir muito orgulhoso de uma associação “tão plural”.


— Quem teria imaginado que um menininho do Brooklyn, nos Estados Unidos, seria o presidente do Lions International? E aqui estou muito orgulhoso de representar os Lions no mundo. Lions significa liberdade. Você vai ver as duas cabeças do leão [na logomarca da instituição], uma voltada para o passado e outra para o futuro. Eu quero agradecer aos "leões", que servem com segurança e bondade, porque a bondade realmente é importante. O broche que eu levo comigo traz o lema “O serviço que vem do coração'', e é assim que tem que ser — afirmou ele.


O senador Nelsinho Trad (PSD-MS) também participou da homenagem.


— Em todas as ocasiões em que o meu município, Campo Grande, que é a capital do Mato Grosso do Sul, da qual já fui prefeito, necessitou de ajuda das entidades da sociedade civil organizada, uma das primeiras a se manifestar sempre foi o Lions Clube. Lá, e isso não é diferente de outras cidades do Brasil, testemunhamos a solidariedade do Lions. Quando houve problemas, essa organização sempre se apresentou voluntariamente ao nosso gabinete para poder auxiliar a população de Campo Grande — destacou Nelsinho.


Também homenagearam os Lions Clubes: Francisco Fabrício de Oliveira Neto, terceiro vice-presidente da Associação Internacional de Lions Clubes; Marciano Silvestre da Silva, diretor internacional da Associação Internacional de Lions Clubes; Henrique Heliodoro Teixeira Neto, presidente do Conselho de Governadores do Distrito Múltiplo LB; o senador Flávio Arns (Podemos-PR); e o deputado federal Francisco Jr. (PSD- GO).


Por Ana Paula Marques, sob supervisão de Patrícia Oliveira

Fonte: Agência Senado