Deputado de Rondônia quer reduzir ICMS para vender gado a outros Estados

2 de março de 2022


Lebrão defende a redução do imposto para auxiliar produtor na recuperação dos preços da arroba do boi

O deputado Lebrão acredita que a redução do ICMS vai ajudar os produtores a recuperarem as vendas de gado em Rondônia


Porto Velho (RO) - A reivindicação do Deputado Lebrão é para que o governo do Estado decrete a redução na alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que incide na venda do gado para ser abatido em outros Estados como forma de auxiliar o produtor em momento que ocorre um represamento de bovinos em Rondônia. O deputado defendeu a medida durante última sessão ocorrida no dia 22, com objetivo de dar segurança aos pecuaristas na recuperação dos preços da arroba do boi.


Com o aumento da arroba do boi em 2021, produtores de Rondônia investiram em matrizes de vacas para fazer novos bezerros, que resultou naturalmente em grande escala de produção e um represamento de bezerros. “Baixar o imposto tornará nosso mercado mais competitivo, atraindo compradores de outros estados. A meta é escoar o gado parado em Rondônia, equilibrando o mercado e evitando uma crise neste setor tão importante para a nossa economia e dando segurança aos pecuaristas na recuperação dos preços da arroba do boi”, destaca Lebrão.


Lebrão acredita na sensibilidade do Governo neste momento de dificuldade dos criadores de gado e lembra que o Estado já atuou dessa forma em outros momentos, chegando a reduzir temporariamente o ICMS para até 2,4% sobre a pauta. Atualmente, o ICMS de gado em pé para abate em outros estados é de 12% sobre a pauta.


Texto e foto: Assessoria