Em Tefé, Governo do Amazonas entrega 1,4 mil cestas básicas para pescadores artesanais

8 de agosto de 2021


Em mais uma ação do Governo do Amazonas para beneficiar os produtores rurais que foram afetados pela pandemia e atingidos pela enchente histórica, neste sábado (07/08), a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) entregou 1,4 mil cestas básicas para pescadores artesanais do município de Tefé (distante 522 quilômetros de Manaus).


O secretário executivo adjunto de Pesca e Aquicultura da Sepror, Leocy Cutrim, ressalta o compromisso que o Governo do Amazonas possui para atender os pescadores junto ao Governo Federal, buscando retomar as atividades produtivas do setor primário, além de incentivar a economia dos municípios beneficiados.


“Em 2020 nós entregamos conjuntos de apoio à pesca artesanal para pescadores aqui de Tefé, por meio do edital de chamamento público, além da realização de cursos, orientações, e outros fomentos. Agora, estamos entregando as cestas básicas, para atender as famílias desses pescadores. Outra atividade que ganha recursos, é o dos mototaxistas que realizam as viagens, levando as cestas para os pescadores em suas residências”, afirma Leocy.


A entrega ocorreu na Escola Estadual Corintho Borges Façanha, onde foram destinadas 701 cestas básicas para a Colônia Z-04, 542 para o Sindicato dos Pescadores, e 186 para a Associação de Pescadores do município, beneficiando ao todo 1.429 famílias de pescadores que estão em vulnerabilidade social.



Segundo o presidente do Sindicato de Pescadores de Tefé, Ozilan Marques, as cestas básicas chegaram em boa hora, pois, devido à pandemia e cheia que atingiu o Amazonas, ocasionalmente o trabalho do pescador foi afetado.


“Nesse período a pesca foi muito difícil, mas agora estamos saindo dessa pandemia, o rio está baixando, e já estamos retornando nossas atividades. Quero agradecer ao Governo do Amazonas pela doação das cestas básicas, já é um presente para o Dia dos Pais. Nós pescadores teremos nossa mesa farta nesse dia tão especial”, ressaltou Ozilan.


Ação conjunta – A doação faz parte do Termo de Cooperação Técnica firmado entre o Governo do Amazonas, por meio da Sepror, que realiza as entregas das cestas básicas, e o Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania (MC), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab/AM), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa/AM) e Superintendência Federal da Agricultura (SFA/AM), órgãos responsáveis pela aquisição das cestas.


A entrega das cestas contou com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam) e da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS).


De acordo com a Sepa/Sepror, que é responsável pela logística das cestas, já foram entregues aproximadamente 25 mil cestas básicas, distribuídas em 24 municípios: Itapiranga, Silves, Rio Preto da Eva, Presidente Figueiredo, Novo Airão, Maués, São Paulo de Olivença, Boa Vista do Ramos, Caapiranga, Nhamundá, Iranduba, Manacapuru, Tapauá, Canutama, Manaquiri, Careiro Castanho, Autazes, Urucará, São Sebastião do Uatumã, Coari, Japurá, Lábrea, Parintins e Boca do Acre.


Benefício – No total, serão destinadas aproximadamente 58,9 mil cestas de alimentos para colônias, associações e sindicatos da atividade pesqueira, por meio dos quais serão entregues para os pescadores artesanais cadastrados, que possuem o Registro Geral de Pesca (RGP) ativo junto à Secretaria Especial de Aquicultura e ao Mapa, residentes nos 61 municípios do estado e na capital, Manaus.


Cestas básicas – Cada cesta pesa 21 quilos e contém 10 quilos de arroz, quatro quilos de feijão, dois quilos de farinha de mandioca; dois quilos de açúcar; um quilo de flocos de milho, um quilo de macarrão e um quilo de leite em pó.


Fonte: http://www.amazonas.am.gov.br/