Espaços culturais em Manaus terão horário de visitação diferenciado no feriado de Tiradentes

20 de abril de 2022


Entrada do público é gratuita, com apresentação da carteira de vacinação contra a Covid-19 atualizada e documento com foto


Teatro Amazonas as visitas acontecerão das 9h às 13h


(Manaus-AM) - Os espaços culturais vão ter horário de funcionamento diferenciado nesta quinta-feira (21), feriado do Dia de Tiradentes, e na sexta-feira (22), ponto facultativo decretado pelo Estado.


O Teatro Amazonas, que fica localizado no Largo de São Sebastião, as visitas acontecerão das 9h às 13h. Crianças com até 10 anos, pessoas com deficiência e pessoas nascidas no Amazonas têm entrada gratuita, mediante comprovação.


Para os demais, os ingressos estão disponíveis na bilheteria do espaço, com valores de R$ 20 (inteira) e de R$ 10 (meia-entrada) para estudantes, pessoas acima de 60 anos, professores, doadores de sangue, militares e acompanhantes de pessoas com deficiência, mediante a apresentação de documentos.


A Casa das Artes, também no Largo de São Sebastião, no Centro, funcionará das 16h às 20h.


Centros culturais – No Palácio da Justiça (avenida Eduardo Ribeiro, 901, Centro) e no Palácio Rio Negro (avenida Sete de Setembro, 1546, Centro) o funcionamento será das 9h às 13h.


Já no Palacete Provincial, na Praça Heliodoro Balbi, no Centro, as visitas aos museus vão acontecer das 9h às 17h.

Os centros culturais Palácio da Justiça e o Palácio Rio Negro funcionarão também 9h às 13h


A entrada nos equipamentos é gratuita, mediante a apresentação da carteira de vacinação atualizada contra a Covid-19 e documento com foto.


Museu do Seringal – Localizado no afluente do Tarumã-Mirim, na margem esquerda do rio Negro, o Museu do Seringal Vila Paraíso vai receber o público das 9h às 15h.


O valor da entrada é R$ 10 por pessoa. O acesso é feito somente por via fluvial, por meio de embarcações particulares (sem relação com a Secretaria de Estado de Cultura), que saem de hora em hora da Marina do Davi, na Ponta Negra. Cada trecho (ida ou volta) custa R$ 21.


Neste período, o Centro Cultural dos Povos da Amazônia (CCPA) estará fechado para manutenção.


Informações Assessoria

FOTOS: Michael Dantas/Secretaria de Cultura e Economia Criativa