Estudantes de jornalismo da Ufam Parintins concorrem a prêmios em congresso nacional de comunicação

5 de setembro de 2022


O congresso da Intercom reúne, de hoje (05) a sexta-feira (09), em João Pessoa (PB), pesquisados de comunicação do Brasil e outros países da América Latina e da Europa


Ana Cristina Machado e Vinícius Bellchior

(Especial para o BN)


Os acadêmicos de Jornalismo, finalistas do prêmio da Intercom nacional, com a professora Marina Magalhães (à direita) - Imagem: divulgação

Parintins (AM) - Acadêmicos do curso de Comunicação Social – Jornalismo, do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ/UFAM) representam o instituto no Prêmio Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, que acontece nos dias 5 a 9 de setembro, na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa. A premiação faz parte do 45° Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação.


O evento reúne alunos de graduação e pós-graduação, pesquisadores e profissionais da área. Neste ano, o tema do congresso é “Ciências da Comunicação contra a Desinformação”, nele também serão debatidos temas pertinentes ao Jornalismo, relações públicas, rádio, televisão, fotografia entre outros.


Na categoria Estudantes de Graduação e recém-graduados, Estefany Alexandra concorre em Blog, com o “Blog Panorama Ribeirinho”, Ralf Cordeiro concorre em Produção em fotojornalismo com “Anfíbios”, Adria Helena Xavier em Fotografia artística com a produção “a religiosidade em meio à pandemia”, Wiilian Ythano, concorre em Revista Customizada, com a “Revista Amazon”, July Anna Barbosa em Ensaio Fotográfico artístico, com a produção “(Des)níveis”.


Bom desempenho

De acordo com o professor Marcelo Rodrigo, coordenador do curso de Jornalismo, a participação dos alunos no congresso nacional é resultado do ótimo desempenho dos acadêmicos na etapa regional do concurso – que ocorreu de 2 a 4 de julho, de forma online, na Universidade Federal do Tocantins, onde os alunos venceram nas respectivas categorias concorrendo com outros alunos da região norte.


“Fico muito feliz de vê-los disputando um prêmio nacional a partir dessas produções que eles fizeram nas disciplinas. Estamos confiantes de que vamos voltar com resultados positivos”, diz o professor.