Flamengo avança para comprar time português

24 de agosto de 2021


O Flamengo está a alguns passos de concluir mais uma etapa para internacionalizar a marca do clube. Depois de muitas reuniões, o clube carioca está muito próximo de disputar a primeira divisão de Portugal.

Isso porque o Rubro-Negro contratou a empresa “Win the Game”, que é chefiada por Claudio Pracownik, ex-vice-presidente de finanças do clube.


O parceiro será o responsável por captar outros investidores para adquirir 80% das ações da Sociedade Anônima Desportiva do Tondela. Pelo lado do Flamengo, quem comanda as operações é Rodrigo Tostes, vice de finanças.

Por conta de todo este cenário, o Flamengo não terá custo algum nessa aquisição, se beneficiando, entretanto, de toda a exposição que a marca sofrerá.


A expectativa é que o plano de negócios seja finalizado ainda nesta semana e a transação ainda neste ano.

Desde 2015 na primeira divisão nacional, o Tondela nunca foi rebaixado. O clube de 88 anos terminou em 12º lugar na temporada.


Neste ano, a equipe perdeu dois jogos e venceu apenas um, na estreia da competição, por 3×0 frente ao Santa Clara.


Faturamento lá em cima


Em 2019, com as conquistas da Libertadores da América e do Campeonato Brasileiro, o clube carioca faturou R$ 4,15 bilhões nos últimos dez anos, segundo o estudo da Pluri Consultoria. A linha de corte da empresa foi de 2010 a 2019.


O Flamengo faturou quase um bilhão a mais que o segundo colocado, o Corinthians, que teve a receita de R$ 3,57 bilhões. Os demais clubes cariocas da Série A, Fluminense, Vasco e Botafogo, ficaram na 10ª, 11ª e 12ª posição, respectivamente.

Se o corte fosse de 2015 a 2019, o Flamengo ficaria em primeiro, com R$ 3,07 bilhões, mas seria seguido pelo Palmeiras, com R$ 2,62 bilhões de faturamento.


Fonte: d.emtempo.com.br