Governo do Amazonas envia medicamentos e insumos para enfrentamento à cheia no interior do estado

21 de maio de 2022

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), liberou, nesta semana, 65.418 itens aos municípios de Anamã, Maués, Caapiranga e Urucurituba para enfrentamento da cheia dos rios. Entre os insumos enviados estão medicamentos, insumos e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como seringas, esparadrapo, atadura, luvas, máscaras, entre outros.


A entrega dos itens foi realizada pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, nos municípios de Anamã e Caapiranga (a 165 e 134 quilômetros da capital, respectivamente), nesta sexta-feira (20/05). O Governo do Estado, por meio da FVS-RCP, liberou 20 mil frascos de hipoclorito, divididos igualmente entre os quatro municípios do interior do estado.


Ao município de Anamã, a Central de Medicamentos do Amazonas (Cema) enviou 14.982 medicamentos, insumos e EPIs. À Caapiranga, foram liberados 13.252 itens e um total de 13.592 distribuídos para Maués e Urucurituba.


“Nessa época do ano, aumenta o número de ocorrências de acidentes com animais peçonhentos e o Governo do Amazonas apoia os municípios com o envio de soro antiofídico e insumos para que fiquem abastecidos e possam prestar atendimento com rapidez. O mesmo ocorre com os medicamentos para que não falte à população”, afirma o secretário de Estado de Saúde, Dr. Anoar Samad.


Equipamentos – O Governo do Estado destinou, nesta semana, quatro monitores multiparamétricos para essas cidades, com investimento no valor de R$ 75 mil. Em Anamã, o município comemorou a chegada do monitor, que é moderno e irá equipar o centro cirúrgico da unidade para atendimento dos pacientes.


Vacinação – O Governo do Amazonas realizou, nesta sexta-feira, ação de Megavacinação na Escola Estadual Tancredo Neves, em Anamã, que substitui temporariamente a Unidade Básica de Saúde (UBS) durante o período de cheia do Rio Solimões. O objetivo é ampliar a cobertura vacinal contra a Covid-19, Influenza e Sarampo, além da oferta à população de todas as vacinas do calendário básico de imunização.


Para operacionalizar o reforço técnico nesses municípios, equipes da SES-AM e da FVS-RCP atuaram no suporte às atividades já realizadas nos municípios, fornecendo estratégias para fortalecer a cobertura vacinal.


A cobertura do esquema vacinal primário contra a Covid-19, na população contemplada, cinco anos de idade ou mais, em Anamã (53,1%), Caapiranga (59%), Urucurituba (58,5%) e Maués (62,1%), estão abaixo da meta do Ministério da Saúde que é de 90%.


Fonte: Agência Amazonas