Governo do Estado prorroga permanência da Carreta Vacina Amazonas no bairro Nova Vitória, até sábado

8 de fevereiro de 2022

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), prorrogou a permanência da Carreta Vacina Amazonas, na zona leste de Manaus, até sábado (12/02), para aplicação de doses da vacina contra a Covid-19. A unidade móvel está instalada no Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) Professora Cinthia Régia Gomes do Livramento, localizado no bairro Nova Vitória, desde o dia 27 de janeiro, para ampliar o acesso da população ao imunizante e aumentar a cobertura vacinal na capital.


A Carreta Vacina Amazonas registrou, até esta segunda-feira (07/02), a aplicação de 1.548 doses de vacina contra a Covid-19 no Ceti Cinthia Régia Gomes do Livramento. A equipe técnica da SES-AM avalia o próximo destino da unidade móvel para alcançar ainda mais pessoas e, enquanto isso, a carreta permanece no bairro Nova Vitória.


Profissionais de saúde da SES-AM e da Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), com o apoio da Prefeitura de Manaus, estarão no local, até sábado (12/02), das 9h às 15h, para atender à população. Na carreta está sendo ofertada a aplicação da 1ª, 2ª e 3ª doses, além da 4ª dose, para as pessoas com alto grau de imunossupressão, que receberam a dose de reforço há pelo menos quatro meses.


Balanço – Mais de 24,8 mil doses já foram aplicadas na Carreta Vacina Amazonas desde que a ação foi lançada pelo Governo do Estado. Além das 1.548 doses contabilizadas até o momento no Ceti do Nova Vitória, foram aplicadas 9.578 doses enquanto a unidade esteve instalada na Praça Heliodoro Balbi, no Centro; 11.454 doses durante a passagem da unidade móvel pelo Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na zona norte; e 2.255 doses durante a ação no bairro Tarumã.


Reforço – Para a população acima de 60 anos, o intervalo para a terceira dose é de pelo menos três meses após a aplicação da segunda dose. Para pessoas entre 12 e 59 anos, a imunização com a dose de reforço exige um intervalo de pelo menos quatro meses.


Documentação – Para receber a dose de reforço, é necessário apresentar a carteira de vacinação, documento de identificação original com foto ou certidão de nascimento (se menor de 17 anos) e CPF. Para a aplicação da 4ª dose, os documentos necessários são: carteira de vacinação, documento de identificação com foto, CPF, e laudo médico ou outro documento que comprove a condição – original e cópia, que ficará retida para controle.


Fonte: http://www.amazonas.am.gov.br/