Governo zera imposto para importação de vacinas por um ano

13 de agosto de 2021


A Camex (Câmara de Comércio Exterior), do Ministério da Economia, zerou as alíquotas do imposto de importação de determinadas vacinas. O decreto publicado na edição desta segunda-feira (13) do Diário Oficial da União tem validade de um ano (365 dias).


Entram na lista os imunizantes contra a gripe, hepatites A e B, HPV, raiva, difteria, tétano e pertussis, entre outras doenças. A Secretaria de Comércio Exterior afirma que ainda vai editar norma complementar para estabelecer os critérios de alocação das quotas mencionadas na resolução.

O fim da cobrança de imposto por um ano também fica estabelecida para a importação de até 20 mil toneladas de policarbonato na forma de pó ou flocos, 2.500 toneladas de chapas de liga níquel-cromo-molibdênio com largura entre 200mm e 1.300mm e 2,5 milhões de braçadeiras para medida da pressão arterial.


Fonte: noticias.r7.com