Hotéis e pousadas em Alter do Chão têm ocupação máxima na Virada do Ano

31 de dezembro de 2021

A vila de Alter do Chão, no município de Santarém, que abriga a mais popular praia do Oeste do Pará, aguarda aproximadamente 20 mil visitantes para saudar 2022


Nely Pedroso

EQUIPE BN

Alter do Chão atrai turistas de todo o Brasil e do exterior por causa de suas praias de areia branca e água cristalina


Santarém (PA) - A praia mais conhecida e charmosa da região Norte, Alter do Chão, no município de Santarém, no Oeste do Pará, já está lotada de turistas e visitantes para celebrar a chegada de 2022.


A estimativa da Secretaria de Turismo de Santarém é de que pelo menos 20 mil turistas desembarquem na cidade para as festas de Final de Ano, aproveitando às oportunidades para saudar o Ano Novo, desfrutando das belezas naturais das praias de areias finas e brancas e das águas verdes azuladas do rio Tapajós, bem no meio da Floresta Amazônica.

Passeio no Lago Verde, até a comunidade de Caranazal, em Alter do Chão


Apesar do prefeito de Santarém (PA), Nélio Aguiar (DEM) ter cancelado, ainda no mês de dezembro, as festas de Réveillon em espaços públicos, tanto em áreas urbanas da cidade, quanto do balneário, que fica a 38 quilômetros da sede do município, por meio de Decreto (nº 1071/2021 de 10 de dezembro de 2021), as restrições impostas pelas medidas do decreto não proíbem nenhum tipo de atividade econômica.


Portanto, os bares, restaurantes, lanchonetes, casas de shows, boates, embarcações, estão liberados com sua capacidade máxima também para a realização de eventos em seus respectivos ambientes.

Alter do Chão espera receber aproximadamente 20 mil visitantes no Réveillon


Exigências

Segundo o secretário de Turismo do município de Santarém, Alaércio Cardoso, o que a prefeitura e o governo do Estado, por meio de seus Decretos exigem, é o cumprimento dos protocolos da Covid-19, do Ministério da Saúde: a apresentação da Carteira de Vacinação com pelo menos duas doses dos imunizantes. “Tanto no Estado quanto no município, o protocolo exige apresentação da Carteira de Vacinação. Essa é a única restrição”, ressalta.


A praia de Alter do Chão, conhecida como Caribe Brasileiro e eleita pelo jornal inglês The Guardian por diversas vezes como a praia de água doce mais bonita do mundo, não fica de fora da rota do turismo na Virada do Ano, nessa retomada dos eventos com toda sua capacidade, mas com cuidados e algumas exigências, levando-se em consideração questões de insegurança quanto à Covid-19 e às incertezas devido ao avanço da variante Ômicron, que assusta o mundo todo.

Turistas aproveitam festas de final de ano nas praias do Rio Tapajós


Covid-19

Boletim Epidemiológico da Covid-19 divulgado pela prefeitura nesta quinta-feira (30) mostra que há 24.785 casos confirmados no município e 1.177 óbitos, sem novos óbitos. Na rede hospitalar, com 20 leitos de UTI exclusivos para Covid-19, 19 estão ocupados (95%) com pacientes positivados. Os pacientes estão internados no Hospital Regional de Santarém, com apenas um na lista de espera.


Existem ainda 49 leitos clínicos disponíveis exclusivos para Covid-19. Desse total, 19 estão ocupados (40,82%) com 11 casos positivos e oito suspeitos.


Assim como Santarém, cidades turísticas importantes também suspenderam suas festas de Réveillon e fogos na Virada do Ano, com exceção do Rio de Janeiro, que decidiu manter os eventos em vários pontos da orla da cidade.


Aliás, as festas de Natal e Réveillon em Alter do Chão são famosas. Bares, restaurantes, lanchonetes, boates, barcos turísticos, catamarãs, proporcionam aos visitantes e turistas grandes momentos às margens do Tapajós, comandados por trilhas sonoras de DJs, baladas, música eletrônica e o famoso carimbó, o ritmo contagiante do Pará.


Festas

As festas de final de ano são responsáveis pelo aquecimento do turismo em Santarém. As praias lotam mesmo, assim como os hotéis, pousadas, resort, como atesta o secretário de Turismo da cidade.


Os números contabilizados nos levantamentos e acompanhamentos pela Secretaria de Turismo do município ainda não estão fechados, mas o balanço até aqui é de otimismo. “Nossa expectativa é de receber ao menos 20 mil turistas em Santarém até às festas de Ano Novo”, diz.


O crescimento de público nas praias aproveitando o Verão Amazônico é visível pela quantidade de carros e visitantes que aportam na Vila de Alter do Chão.


Na realidade, os números até então contabilizados pela Secretaria de Turismo do município datam de 2019, de antes da pandemia. Segundo o secretário, a cidade sempre recebeu uma quantidade maior de visitantes por causa da Festa do Sairé, no mês de setembro, suspensa nos últimos dois anos (2020 e 2021) por conta da pandemia. “Já chegamos a receber 80 mil turistas por ano em Alter do Chão por conta dessas comemorações. Com a pandemia tivemos uma redução em torno de 70% desse público, mas agora, gradativamente estamos recuperando”, afirma Alaércio, que destaca o Verão Amazônico como a melhor época para o turismo na região. Além do Sairé, a cidade recebe visitantes também para eventos em Alter do Chão, como no Festival de Cinema, em outubro, e datas comemorativas de Natal e Réveillon.

Ilha do Amor lotada em Alter do Chão


‘Boom’ turístico

A expectativa também é grande entre os trabalhadores de Alter do Chão que sobrevivem do turismo. Depois de terem visto seus negócios fracassarem por conta da pandemia (as praias ficaram fechadas em 2020 no período mais crítico da Covid-19), apostam no faturamento das festas de Final de Ano.