Manaus começa aplicar 4° dose da vacina contra Covid-19 para o público a partir dos 18 anos

30 de junho de 2022


A campanha também terá o reforço de mais 28 pontos de vacinação

Os locais de vacinação operam em três horários diferentes

(Manaus-AM) - A Prefeitura de Manaus liberou nesta quinta-feira (30)  aplicação da quarta dose da vacina contra a Covid-19, para pessoas a partir dos 18 anos de idade. A campanha também terá o reforço de mais 28 pontos de vacinação, totalizando 81 endereços disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).


 O secretário municipal de Saúde, Djalma Coelho, informou que as medidas visam ampliar a cobertura vacinal contra a doença em Manaus, além de facilitar o acesso dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) aos locais de vacinação, conforme determinação do prefeito David Almeida.


“Estamos observando uma subida na curva de casos confirmados de Covid-19, e a maioria das pessoas que evoluem para casos graves não completou o esquema de imunização ou não tomou a vacina, a principal forma de se proteger contra essa doença. Estamos reunindo ainda mais esforços para garantir que toda a população esteja com as doses em dia”, disse.


A chefe da Divisão de Imunização da secretaria, Isabel Hernandes, informou que o público apto para a quarta dose deve ter recebido a terceira dose há quatro meses ou mais.


“A vacina é a única forma de prevenir uma possível nova onda de Covid, então a gente amplia as faixas-etárias para que as pessoas que não estejam vacinadas ou com esquema vacinal incompleto tenham a oportunidade de receber o imunizante e se proteger nesse momento”, comentou.


Todos os endereços, horários e vacinas disponíveis podem ser conferidos no link bit.ly/localvacinacovid19 e também nas redes sociais da secretaria (@semsamanaus no Instagram e Semsa Manaus no Facebook). Em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), são ofertadas a primeira, segunda, terceira e quarta dose da vacina.


Unidades

Djalma explicou que as novas unidades de saúde que vão aplicar a vacina contra a Covid-19 foram escolhidas de forma estratégica, em locais de grande concentração de pessoas e também em áreas de vazios assistenciais.